Estados Unidos processam hackers chineses por ataques a empresas

Estados Unidos processam hackers chineses por ataques a empresas

O Departamento de Justiça norte-americano processou dois hackers chineses suspeitos de um esquema de hacking a nível global para roubar segredos de empresas.

Dois hackers chineses suspeitos de pertencerem a um esquema de hacking a nível mundial que se dedicava a roubar segredos de empresas foram processados pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos. Esta campanha será, alegadamente, dirigida pelo governo chinês.

O Procurador Geral Adjunto explicou que os hackers pertencem ao grupo “Advanced Persistent Threat 10”, ou APT 10, e terão roubado informação de mais de 45 empresas norte-americanas. Terão, ainda, atacado os serviços militares norte-americanos.

De acordo com a acusação, citada pela CNN, os hackers terão roubado “dados sensíveis pertencentes à marinha [dos Estados Unidos], incluindo nomes, números de segurança social, datas de nascimento, informação salarial, número de telefone pessoal e endereços de email de mais de cem mil pessoas pertencentes à marinha”.

Em conferência de imprensa, o Procurador Geral Adjunto Rod Rosenstein explicou que “isto é puro roubo e dá à China uma vantagem injusta às custas de negócios cumpridores da lei e de países que seguem as regras internacionais em troca do privilégio de participar no sistema económico global”. Rosenstein acrescentou, ainda, que o governo chinês não pode continuar a fingir que não tem conhecimento da campanha para roubar segredos de negócio.

http://www.itchannel.pt

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.

Positive SSL Wildcard